PG desabafa após sofrer racismo por declarar voto em Bolsonaro
17/10/2018 23:35 em Música

O cantor PG vivenciou um forte ataque nas redes sociais por causa de seu posicionamento político, de oposição aos partidos de esquerda e apoio ao candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL).

O ex-vocalista da banda Oficina G3 gravou um vídeo para contar que uma usuária das redes sociais se manifestou de forma mais agressiva contra seu posicionamento, partindo para ofensas raciais.

“Uma menina escreveu: você só apoia o candidato porque é branco e rico. Isso é racismo”, desabafou o cantor, que lamentou o fato de a sociedade brasileira ter chegado ao ponto de divisão em que algumas pessoas enxergam motivações raciais em escolhas políticas que vão além da cor da pele.

Ao longo do vídeo, PG – que nasceu no interior de São Paulo – contou que trabalha desde os onze anos de idade, e por isso, conquistou uma condição de estabilidade para ele e sua família, mas enfatizou que não é rico.

“Eu não trabalho para nenhum candidato. Eu poderia ter usado disso para ganhar alguma coisa, ou de repente, um pouco mais de haters [odiadores], porém, eu tenho ciência de quem eu sou, de quem Deus é e onde Ele me colocou. […] A gente está destruído, o Brasil está acabado. Essa galera de esquerda está dizendo que vai mudar o Brasil, eles estão no Brasil há 16 anos”, criticou.

Além disso, mencionou que tem 22 anos de carreira na música, e que se mantém com uma conduta que seja coerente com sua profissão de fé, recusando, inclusive, convites de prefeituras para se apresentar e receber com nota fria, com valores acima do combinado, o que configuraria crime.

“Eu não concordo com nada do que a esquerda fez até hoje, porque pra mim não adianta fazer um Bolsa-Família, e tirar milhares de famílias de suas casas e seus empregos porque afundou o país com corrupção. Esse papo de dar aqui para tirar lá não resolve. É igual uma frase de uma banda que eu gostava muito, da minha época, antiga, de 25 anos atrás: Juízo Final. Diz assim, olha: ‘O diabo te dá com a colher e tira com a concha’. É mais ou menos isso que esses governos têm feito”, desabafou PG.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!